domingo, 20 de setembro de 2009

KUNDALINI

"O que é o Kundalini?
Não vamos nos ater a descrevê-la, pois essa descrição se encontra em qualquer lugar, mas vamos visualizar e entender de modo simples na medida do possível, o que é em si mesmo. Todos nós sabemos, ou ouvimos falar sobre os chakras, que são vértices ou pontos energéticos, e os meridianos ou nadis, que são vasos ou veias ou artérias, por onde percorre a energia absorvida pelos chakras. Que consequentemente sustenta toda a nossa estrutura física e espiritual. Vamos imaginar, por exemplo, que temos varias camisas do mesmo tamanho, posicionando elas umas sobre as outras em perfeita simetria de modo que cada casinha de botão fique exatamente sobre a outra. Então com apenas um botão abotoamos todas juntas, e assim fazemos em cada casinha. Imaginemos esses chakras como se fossem botões, e as camisas como os corpos. Cada chakra é um botão que une as estruturas desses corpos e os sustenta energicamente. Entrelaçados na base desses chakras, ou seja, antes da primeira casinha, estão os nadis chamados ida e pingala. Os nomes não importam, mas a sabedoria oriental os batizou assim. Eles entrelaçam cada chakra. Eles começam lá na base da espinha dorsal, não na espinha, mas na direção dela, especificamente no cóccix. Eles estão entrelaçados, enrolados como uma serpente, como duas serpentes. Mas os dois rabos, ou as cabeças, depende da sua visualização, não estão unidos, estão separados um do outro por um pequeno espaço. Dentro desses nadis ou serpentes ou meridianos, percorre energia. Essa energia entra nos dois, a mesma energia. Mas dentro de cada nadis, essa energia sofre uma mudança vibracional. Ela absorve para si a propriedade do nadis. Um nadis é feminino e outro masculino. A energia dentro de cada um tem a sua propriedade característica. Então teremos energia feminina e masculina.Feminina e masculina é apenas um modo de dizer que são opostas em si mesmo. Bom essas energias nesses nadis estão ali puras e muito poderosas. Cada uma com seu poder especifico. Cada uma delas como um magma incandescente, uma longe da outra, mas aos poucos no decorrer da sua circulação pelas ramificações nadicas elas vão se mesclando aos pouquinhos. Apesar de serem opostas elas se atraem e como é um processo lento essa mescla das duas, a força gerada por essa união é mínima. Quando duas forças opostas se unem, dessa união surge uma nova força e essa força é destrutiva ou transformadora. Mas como essa união normalmente ocorre muito aos poucos, essa força é muito sutil, muito pequena e de efeitos mínimos. Essa é a energia chamada Kundalini, e aqui nesse contexto ela esta adormecida.
Para despertar o Kundalini, é preciso unir os rabos ou as cabeças das serpentes já citadas. Como elas estão separadas por um pequeno espaço, é nesse pequeno espaço que se trabalha. Para isso usa-se comumente a energia sexual, claro que pela meditação e outros exercícios também é possível.Entretanto, mais demorado. A energia sexual ou sêmen tanto da mulher como do homem, quando transmutado e direcionado nesse espaço, forma como que uma ponte de ligação entre os dois nadis.Ao se ligarem um ao outro, a força de atração das duas forças a fazem unir, e dessa união surge à terceira força que é o kundalini.Como os rabos ou cabeças das serpentes estão unidos, da-se então uma espécie de “curto circuito”, desse curto circuito nasce à energia kundalini. Essa energia ali, faz com que as partes que se juntaram se colabem pela força de atração e pela solda dessa terceira força o kundalini. Conforme vai se colabando, se juntando, vai chegando perto dos vórtices de energia, que são os chakras. Como estão entrelaçados neles, ao colabarem nesses pontos faz com que eles vibrem muito forte. Podemos imaginar esses vértices quando normais como pás de ventilador girando bem devagar, mas quando colabados pelos nadis e sobre o efeito do Kundalini, eles giram como hélices de avião. Assim eles despertam, aumentam a sua vibração especifica. Sempre aumentando da base para cima, ou seja, da primeira casinha de botão. E assim vai subindo e conforme vai subindo, vai despertando o chakra e sua qualidade especifica. O risco físico do despertar o Kundalini esta justamente nessa primeira fase de fazer a ponte entre as duas serpentes. Os riscos espirituais nas varias casas de botões das camisas.

Fonte: viagemalem.blogspot.com
Amor é um fogo que arde sem se ver, é ferida que dói, e não se sente; é um contentamento descontente, é dor que desatina sem doer.É um não querer mais que bem querer; é um andar solitário entre a gente; é nunca contentar se de contente; é um cuidar que ganha em se perder.É querer estar preso por vontade; é servir a quem vence, o vencedor; é ter com quem nos mata, lealdade.Mas como causar pode seu favor nos corações humanos amizade, se tão contrário a si é o mesmo Amor? Luis de Camões

Amor Felíz

Dicas para namoro, noivado, casamento e relacionamentos amorosos em geral.

Simpatias, magias de sedução, receita de perfumes, dicas de estérica, astrologia, cartomancia e muito mais.


QUE VOCÊ TENHA UM AMOR MUITO FELÍZ!

.

NAVEGUE PELO BLOG E LEIAS DICAS LEGAIS

OS RELACIONAMENTOS SÃO COMPLEXOS.
PRECISAMOS DISPOR DE RECURSOS PLURAIS.
POR ISSO AQUI VOCÊ ENCONTRA TEXTOS SOBRE AMOR E AUTOESTIMA, BANHOS DE ATRAÇÃO, MAGIAS,
TERAPIAS ALTERNATIVAS, ESTÉTICA, E MUITO
MAIS.
TODAS AS CATEGORIAS DE POSTAGENS SÃO ATUALIZADAS REGULARMENTE.

SEJA BEM VINDA OU BEM VINDO!
E OBRIGADA PELA VISITA!

Postagens populares

POMBA GIRA CIGANA

POMBA GIRA SETE SAIAS DO CABARÉ