segunda-feira, 22 de março de 2010

O casamento budista

O casamento na filosofia budista

É de extrema importância pois significa a união de duas pessoas que buscam a constituição de uma nova família, representando uma fase da vida do casal que se inicia.

foto casamento realizado no budismo chinês no templo Cham em Zhejiang
O noivado
Tradicionalmente o noivo ou os seus pais escolhem a noiva, depois de encontrar a mulher por ele considerada ideal, um amigo do noivo deverá procurar a família da noiva, levando comumente um lenço de seda branco e uma garrafa de vinho, observando se a família é receptiva à proposta. Caso haja acordo acontece uma reunião onde o noivado deverá ser formalizado, com autorização do pai da noiva, onde o pedido de casamento é feito pelo noivo, acompanhado de seus pais com um lençol branco, simbolizando a pureza do gesto. Normalmente o noivo leva um bom presente para a noiva.
A cerimônia é dividida nas partes religiosa e civil. Na religiosa, são feitas orações e homenagens aos antepassados e pede-se a proteção, prosperidade, união, harmonia e saúde.
Inicia com a entrada dos pais e padrinhos, no templo, onde serão acomodados em bancos próximos ao altar.

A noiva
entra com seu pai seguidos por um casal de crianças as quais carregam flores e que colocarão as mesmas no altar.A batida do sino anuncia a leitura do sutra (poemas que contam a passagem do Buda pela terra) e, neste momento os convidados que estão participando da cerimônia religiosa juntam as mãos.
Este gesto marca o início da cerimônia e quer mostrar que o ato do juntar as mãos significaria a pessoa colocando sua mão junto a mão do Buda.Um incenso é acesso e oferecido para recordarmos que a vida é uma constante fumaça e assim como o incenso queima e vira pó.O momento das alianças segue o mesmo ritual das outras religiões.Um outro momento importante é quando o monge entrega os rosários aos noivos e os coloca na mão esquerda de cada um.

Um altar de Budha deverá receber decoração com flores e velas e em frente a ele os noivos, suas famílias e convidados se reunem. Os noivos juntamente com os convidados deverão fazer recitações tradicionais na lingua Pali ou outra. Os noivos ascendem as velas e os incensos e depositam flores aos pés da imagem depois devem declarar os votos de casamento que são semelhantes aos votos recitados pelos noivos ocidentais. Finalizando os pais fazem recitações tradicionais e abençoam os noivos.

Os trajes nupciais
Quem escolhe o vestido da noiva são as mulheres da família. O mesmo ocorre com as roupas do noivo. Por tradição budista, a roupa preta não pode ser usada para a cerimônia. As cores predominantes são o vermelho e o dourado, com belos bordados. Este vestido bordado é chamado de bhaku. Todo o traje é especial, com jóias, inclusive os sapatos. O noivo usa o mesmo bhaku só que com mangas, acompanhado do lajha (uma espécie de colete).

A cerimônia civil
ocorre a troca de alianças e o brinde com saquê, que, atualmente, pode ser feito até com água e simboliza a comemoração. O casal não cruza os braços. Os noivos ficam um de frente para o outro perante a entidade religiosa (monge celebrante) e a autoridade (altar sagrado).

A cerimônia
pode ser realizada em qualquer lugar, mas, tradicionalmente, é realizado no templo, com duração média de 30 minutos. As obrigações para os casais são as de união, companheirismo, amor e respeito mas não “até que a morte os separe” porque para o budismo a morte não simboliza o fim e, sim o começo de uma nova fase da vida.

Festas
segue a tradição da entrada do noivo, normalmente com acompanhamento musical. A noiva é acompanhada por um escolhido até ao encontro do noivo onde se dirigem para o pergaminho sagrado.
O banquete típico para a cultura, com Tsang, carnes de galinha e arroz, sopas especiais e doces.
Acontecem as danças tradicionais onde mulheres e homens dançam separadamente.
____________________________________
Planejando seu casamento budista
Os budistas podem se casar a qualquer momento, dependendo da hora do cartório escolhido ou templo.
não há dia em que é proibido para os budistas a se casar. No entanto, todos os budistas devem conhecer os ensinamentos do Buda sobre as obrigações e deveres mútuos de um marido e uma esposa.

Planejando sua benção budista
A cerimónia de bênção no templo pode ocorrer a qualquer momento, a conveniência do local individual.
Nenhum aviso é necessário para a sua bênção, para além de pedir o templo se o tempo proposto é conveniente.
você não precisa de assistir às reuniões com os monges antes de a sua benção. Em geral, não há necessidade de ensaio para receber a bênção.

fonte pesquisa amor feliz

Nenhum comentário:

Amor é um fogo que arde sem se ver, é ferida que dói, e não se sente; é um contentamento descontente, é dor que desatina sem doer.É um não querer mais que bem querer; é um andar solitário entre a gente; é nunca contentar se de contente; é um cuidar que ganha em se perder.É querer estar preso por vontade; é servir a quem vence, o vencedor; é ter com quem nos mata, lealdade.Mas como causar pode seu favor nos corações humanos amizade, se tão contrário a si é o mesmo Amor? Luis de Camões

Amor Felíz

Dicas para namoro, noivado, casamento e relacionamentos amorosos em geral.

Simpatias, magias de sedução, receita de perfumes, dicas de estérica, astrologia, cartomancia e muito mais.


QUE VOCÊ TENHA UM AMOR MUITO FELÍZ!

.

NAVEGUE PELO BLOG E LEIAS DICAS LEGAIS

OS RELACIONAMENTOS SÃO COMPLEXOS.
PRECISAMOS DISPOR DE RECURSOS PLURAIS.
POR ISSO AQUI VOCÊ ENCONTRA TEXTOS SOBRE AMOR E AUTOESTIMA, BANHOS DE ATRAÇÃO, MAGIAS,
TERAPIAS ALTERNATIVAS, ESTÉTICA, E MUITO
MAIS.
TODAS AS CATEGORIAS DE POSTAGENS SÃO ATUALIZADAS REGULARMENTE.

SEJA BEM VINDA OU BEM VINDO!
E OBRIGADA PELA VISITA!

Postagens populares

POMBA GIRA CIGANA

POMBA GIRA SETE SAIAS DO CABARÉ