terça-feira, 11 de maio de 2010

O controle do pensamento

Controlar o pensamento é a coisa mais importante que pode ser aprendida. Vemos, na nossa sociedade, pessoas com alto nível de erudição cometendo erros e perdendo o controle com muita facilidade.

Damos muito valor à educação, ao nível intelectual, ao dinheiro, mas damos pouco valor ao autocontrole.

Vamos ver os fatores que influenciam diretamente o pensamento e que, quando não são controlados, nos trazem muito estresse e falta de controle:

1- Fome;

2- Sede (desidratação);

3- Calor excessivo;

4- Má alimentação;

5- Revisitar situações estressantes;

Os cinco fatores acima, se forem controlados, podem eliminar 99% de todo o estresse que você tem em sua vida.

Quando estamos com fome, sede, calor excessivo, mal alimentados e ficamos revisitando situações estressantes — relembrando eventos desagradáveis e dando atenção a eles — geramos cerca de 99% de todo o estresse que aparece em nossas vidas.

Um dia tem 24 horas. Dormimos em média 8 horas por dia. Sobram 16 horas. Dessas 16 horas, quando acontece uma situação estressante, quanto tempo ela dura em média?

Pense um pouco.

Você já reparou que as situações estressantes que aparecem em nossas vidas duram, em média, de 30 segundos a 5 minutos no máximo?

Vou dar um exemplo. Um homem acorda de manhã e discute com o filho por causa da maneira que ele tem de se vestir. O homem diz ao filho que não quer que ele se vista como um metrossexual. O filho rebate dizendo que está seguindo a moda e que só ele sabe o que é melhor. O pai bate no filho e sai de casa para trabalhar bastante estressado.

No meio do caminho para o trabalho, o pai fica pensando: "Aquele menino idiota! Eu quero o melhor pra ele e ele fica me respondendo e me desrespeitando!"

Uma situação que durou menos de cinco minutos — a discussão do pai com o filho — causou um estresse que ele carregará o dia inteiro.

Durante todo o dia ele ficará se lembrando do que ocorreu no início da manhã e irá acumulando raiva durante todo o dia.

Qual a solução para os eventos estressantes que aparecem ao longo do dia?

Primeiro, observe seu corpo. Você está com sede? Com fome? Sentindo muito calor?

Se estiver, primeiro beba água, se alimente — se for necessário — e vá para um lugar calmo e refrigerado.

Nesse lugar, feche os olhos e respire lentamente por uns dois minutos.

Agora, que está mais calmo, reveja a situação que lhe causou estresse e coloque um novo rótulo nessa situação.

No exemplo que foi dado, o homem discutiu com o filho. Como mudar esse rótulo de negativo para neutro?

Primeiro, ele deve considerar o fato de que seu filho tem 15 anos e é um adolescente. Com essa idade, raramente uma pessoa fará escolhas maduras. Ele deve se perguntar: o que está por trás desse comportamento?

A resposta é simples: todo adolescente quer se sentir importante e valorizado. Quando um adolescente se sente desvalorizado e recebe pouca atenção, ele irá procurar alguma maneira de se sentir importante e valorizado.

Nesse caso, o adolescente está imitando o jeito de vestir de David Beckham, jogador inglês de futebol. Beckham se tornou um ídolo para o menino, um modelo a ser seguido. Sabendo disso, surge uma outra pergunta: por que o menino está elegendo um jogador de futebol como um ídolo e não o seu pai?

Porque seu pai trabalha o dia inteiro e quase não tem tempo de dar atenção para ele. O menino, assim, começou a se sentir desvalorizado e sem importância. Na adolescência, o indivíduo sempre procura um modelo de referência para seguir. O pai é um homem frio e distante.

Então, qual o real problema?

O problema é a carência afetiva. O menino se sente carente por não receber atenção do pai. Pelo fato de ser um adolescente e de ter o ego inflado, o menino não consegue expressar sua carência. Ele não consegue dizer para o pai: "Estou carente, preciso de atenção". Ao contrário, ele finge que não tem carências e procura satisfazer suas necessidades emocionais de outras maneiras. Inconscientemente, ele pensa: "Meu pai não me dá atenção, então eu não sou importante. Se eu me vestir e me comportar como David Beckham as pessoas vão me dar valor e eu vou me sentir bem melhor".

Você percebeu o que está por trás de tudo?

O menino quer se sentir amado e valorizado. Pelo fato de ser imaturo emocionalmente ele não consegue expressar para o pai que está carente e finge que nada está acontecendo. No seu íntimo começa a ganhar força um sentimento de profunda inferioridade. Assistindo televisão, ele acaba elegendo David Beckham como um modelo a ser seguido e começa a se sentir melhor.

Por trás de quase todo conflito há uma carência afetiva.

Nós precisamos nos sentir AMADOS, ACEITOS e VALORIZADOS.

Quem não se sente AMADO, ACEITO e VALORIZADO procura, tanto conscientemente quanto inconscientemente, alguma forma de compensar esse vazio.

Voltando ao controle do pensamento.

O pai do menino, sabendo que seu filho está carente e se sentindo desvalorizado, não vai mais ficar o dia inteiro com raiva dele. Pelo contrário, vai procurar uma maneira de corrigir essa situação.

Todos nós temos carências afetivas. Na maioria das vezes nem sabemos quais são.

Você pode estar pensando: eu não tenho nenhuma carência afetiva.

Então, vou lhe fazer umas perguntas:

Por que você ganha mal?

Por que você trai a sua esposa?

Por que você discute com seus filhos?

Por que você está sozinho(a), sem um relacionamento?

Por que você está acima do peso?

Por que você dorme mal?

A resposta para qualquer uma das perguntas acima é a mesma: você tem uma carência afetiva.

Cerca de 99% da população tem um dos problemas acima: 1) Salário ruim; 2) Trai o parceiro(a); 3) Discute com os filhos; 4) Está sem um relacionamento; 5) Está acima do peso; 6) Dorme mal.

Relacionamentos fracassados, salário medíocre, obesidade, sedentarismo, dependência química (cigarro, bebida, comida, drogas, sexo), seja o que for.

Sua vida não está indo exatamente do jeito que você queria. Algo está faltando.

Hermilo Santana - Perfil do Autor:


Hermilo Santana é escritor. Formado em Composição e Regência pela Universidade Federal da Bahia, tem mestrado em Composição. Seu livro Segredos Mágicos da Prosperidade pode ser baixado gratuitamente em: http://prosperidadeagora.webnode.com.br/ E-mail para contato: segredosmagicos2010@gmail.com.

Nenhum comentário:

Amor é um fogo que arde sem se ver, é ferida que dói, e não se sente; é um contentamento descontente, é dor que desatina sem doer.É um não querer mais que bem querer; é um andar solitário entre a gente; é nunca contentar se de contente; é um cuidar que ganha em se perder.É querer estar preso por vontade; é servir a quem vence, o vencedor; é ter com quem nos mata, lealdade.Mas como causar pode seu favor nos corações humanos amizade, se tão contrário a si é o mesmo Amor? Luis de Camões

Amor Felíz

Dicas para namoro, noivado, casamento e relacionamentos amorosos em geral.

Simpatias, magias de sedução, receita de perfumes, dicas de estérica, astrologia, cartomancia e muito mais.


QUE VOCÊ TENHA UM AMOR MUITO FELÍZ!

.

NAVEGUE PELO BLOG E LEIAS DICAS LEGAIS

OS RELACIONAMENTOS SÃO COMPLEXOS.
PRECISAMOS DISPOR DE RECURSOS PLURAIS.
POR ISSO AQUI VOCÊ ENCONTRA TEXTOS SOBRE AMOR E AUTOESTIMA, BANHOS DE ATRAÇÃO, MAGIAS,
TERAPIAS ALTERNATIVAS, ESTÉTICA, E MUITO
MAIS.
TODAS AS CATEGORIAS DE POSTAGENS SÃO ATUALIZADAS REGULARMENTE.

SEJA BEM VINDA OU BEM VINDO!
E OBRIGADA PELA VISITA!

Postagens populares

POMBA GIRA CIGANA

POMBA GIRA SETE SAIAS DO CABARÉ